Buscar
  • Rede Concasa

6 Dicas para organizar uma obra mais segura!





A preocupação com a segurança nos canteiros de obra e seus arredores é sempre abordada. Por isso, apresentamos algumas dicas para quem vai iniciar sua obra.

Mesmo que pequena, como uma reforma em casa ou apartamento, segurança deve estar sempre em primeiro lugar. Se liga nas dicas:


Planejamento

Antes de tomar qualquer atitude é preciso planejar custo e tempo. Bem como suas particularidades, como a quantidade/qualidade de materiais e mão de obra para a execução do serviço. O planejamento também deve detalhar dias e horários de trabalho. Dessa forma os profissionais atuarão baseados em normas e metas pré-estabelecidas, evitando a desordem, atrasos e desperdícios.


Sinalização

Com o objetivo de organizar o trabalho, melhorar o trânsito de pessoas em situação de emergência e evitar acidentes, a sinalização em canteiros de obras deve estar por toda parte. Alguns exemplos de sua utilização são os cartazes e placas avisando trechos vulneráveis a queda de materiais e identificação de locais com substâncias tóxicas. As vias de acesso utilizadas para circulação de veículos e equipamentos também devem ser informadas.


Segurança

Parece óbvio, mas é importante frisar que, a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é de extrema necessidade. Capacetes, botas, óculos, luvas, respiradores e outros aparatos devem ser utilizados para evitar ao máximo os danos causados por um possível acidente. Lembrando que, em caso de desgaste e/ou danificação, o EPI deve ser substituído imediatamente.


Organização e Limpeza

Desde criança somos ensinados a arrumar quarto, na vida profissional não é diferente. Um ambiente limpo e organizado proporciona uma melhor qualidade de vida e agilidade em variadas frentes de serviços. Da mesa de escritório ao canteiro de obras, a organização otimiza atividades, reduz tempo na logística de entrega e recebimento de materiais.

Além de diminuir a possibilidade de acidentes, provocados por equipamentos em locais inapropriados, por exemplo. Outra dica é planejar onde cada material deve ser guardado ao final de cada dia trabalhado. Manter o almoxarifado eficiente, com identificações, é outra orientação.


Recorte de paredes e revestimento cerâmico

O recorte de paredes e materiais cerâmicos podem causar muitos transtornos, quando não realizado de forma correta. Neste caso, qualquer desvio mínimo de atenção gera um grande incômodo e até um acidente. Para que os resíduos não atinjam o trabalhador é preciso que seus recortes sejam feitos com o vento a favor do profissional.

Para evitar a propagação da poeira, é importante que os cortes sejam realizados em vias úmidas. Já, para evitar problemas de postura e equilíbrio do profissional, o operação de recorte das peças deve ser feita com serra mármore ou riscador, em uma bancada.


Intoxicação

Agora que já falamos das precauções para evitar lesões externas, vamos pensar nos problemas internos, como as intoxicações. O hábito de lavar as mãos mantém-se indispensável, sempre que possível, principalmente antes e depois das refeições e após ter contato com terra. As unhas dos profissionais devem estar limpas e cortadas, andar calçado, lavar bem frutas e verduras e beber, somente, água filtrada.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo